pernambuco1

O gramado da Arena Pernambuco já está pronto para receber as grandes estrelas do futebol mundial. Com aproximadamente 9000m2, o gramado cultivado pela equipe da Royalverd/Greenleaf no Centro de Treinamento do Náutico foi transplantado na Arena Pernambuco, um dos estádios brasileiros que receberá a Copa das Confederações de 2013.

A operação que durou apenas dois dias, teve seu início no dia 23 de março deste ano e acabou no dia seguinte. A organização e planejamento da equipe garantiram, primeiramente, qualidade e rapidez e gerou esse tempo recorde de plantação de gramado natural de rolo.

Em sua primeira etapa foram feitos os cortes na grama por uma máquina de corte que ao mesmo tempo enrola o tapete em um cilindro para formação do rolo, sua largura e comprimento são ajustados a necessidade do campo e do gramado aí cultivado.

Com um trator de pneus balons, os rolos são apoiados em pallets e ficam prontos para serem carregados nos caminhões. Do CT do Náutico rumo a Arena saíram 23 viagens de carretas e caminhões truck.

Já na Arena, com o campo completamente nivelado, uma equipe Royalverd/Greenleaf aguardava a chegada da carga para o plantio. Uma máquina de desenrolo estende a grama em tapetes. Em seguida, uma equipe acerta as juntas verticais, manualmente, e laterais, um trator com um braço manipulador.

Foram cerca de 500 rolos de grama natural plantados em dois dias utilizando um processo simples e automatizado por máquinas específicas e modernas que garantiram agilidade. Mas nada disso seria possível se não fosse o alto potencial e experiência da equipe da Royalverd/Greenleaf que em uma parceria afinada com a Odebrecht planejaram todos os passos para garantir o sucesso de hoje, 24 de março de 2013, e dar ao estado de Pernambuco um gramado de estrelas.